sábado, 4 de abril de 2009

Sobre as fotografias e o fografar


Tu não tens a impressão que, hoje, a reprodução fotográfica é banal, com todo mundo com sua câmera e zilhares de fotos nos pê-cês, celulares e coisa e tal? Sei lá, lembro das meninas da escola nos passeios de escola com suas camerazinhas, ganhadas ou emprestadas, tirando fotos e fazendo cartazes de cartolina dos animais no zoológico, das agendas coloridas de retratos e das imagens presenteadas pelas amigas imortais umas às outras.

Embora não seja uma representante do sexo feminino, também tive uma câmera (homens também podem retratar); quando ela ficou de meu uso exclusivo, já era ultrapassada há muito, mas ainda funcionava. A máquina não tinha flash próprio, precisando-se colocar um MagiCube para retratar em ambientes internos (fora aquela alavanca para passar o filme, acondicionado em um cartucho inteiriço). Não tínhamos muitas condições de retratar tudo, fotografávamos apenas o essencial, e o fazíamos duas vezes "para garantir" a perpetuação daquela imagem num papelucho quadriculado, em que, algumas vezes, a casa que revelava punha até a data (mês/ano) da fotografia. Isso é coisa de museu, mas vivi essa época.

Parece que temos a ânsia de deixar o mundo estático com as fotos; entretanto, gosto dele assim, correndo pelos dedos, mas deixando uns restinhos da sílica nas dobras das falangetas, só pra contar que ele passou por mim. Só assim as fotos têm sentido: elas não são, elas estão sendo.

Gosto das imagens em preto-e-branco, elas não retratam um momento, apenas ilustram uma vivência. Não gosto de filmagens, pois pouco se percebe nelas. A vida não foi feita para ser estática, sei disso, mas cada pedaço dela forma um todo; eis o fenômeno do fotografar: olhar o simples, mas olhar o além. É um olho que não apenas , mas percebe.

6 comentários:

E agora Lelé? disse...

Profundo vc hoje!
Gostei, mas gostaria que no "meu tempo" essas "modernidades" já existissem. Teria tanto para rocordar agora, como não tenho todas as imagens que gostaria, preciso confiar na minha memória, ainda bem que ela é ótima, modéstia às favas!

Anônimo disse...

Você fala como um fotógrafo!
Eu amo fotografia em preto e branco... Amava ficar revelando no laboratório...
Também odeio vídeo (com poucas excessões, tipo a do meu primeiro pouso solo).

Fotografar é mais que registrar momentos, é imortalizar momentos.
Captain Forr

Teresinha disse...

Amo fotografias. Isso passei pra ti no DNA. Fotografei tanto tua "pessoazinha", desde o nascimento até enquanto pude. Mas olha que se tívessemos uma digital e um PC naquele tempo, não teríamos perdido alguns ábuns que a umidade de Pelotas deteriorou e muito me causou lágrimas(mãe chora muito, mesmo). Mas olhando um porta retrato vazio, na semana passada, ainda pensei nisso. Como era romântica aquela época das fotografias. Beijoooo!

Renata disse...

Também prefiro fotos à filmagem. Elas carregam uma nostalgia consigo que é inexplicável, não? Mesmo que tenham sido tiradas 5 minutos atrás...

Eu também tive máquina com cubo de flash em cima...O nome era Love, eu acho, e acho que era descartável, tirava somente umas 4, 5 fotos....

Abraço!

Marcela Isabel Silveira CRN2: 6225P disse...

Tudo evolui e muda muito rapido...
Mas somo obrigados a acompanhar para não ficar para tráz...hehehehe
lembro das fotografias antigas em que tinhamos que esperar revelar para olhar..Depois veio aquela que a foto saia na hora que "maravilha"...
Agora o celular, PC, e etç...Reproduzem tudo...
Não acho isso ruim, mas confesso que de trinta fotos digitais aproveito 2 hehehhe
Adoro aquelas fotos antigas dos meu avós, lembram pintura mesmo sendo preta e branco são belissimas...
Agora qualquer momento é registrado com muita facilidade, e descartado na hora caso não agrade.
O que será que o futuro nos reserva??
Bjs

Lúcia disse...

Sou uma péssima fotógrafa, mas gosto muito de fotografar e ver fotografias. Também não sou fã de vídeos, nem meu casamento filmei. Gosto da tecnologia, do photoshop, do preto-e-branco, mas também do colorido. E as fotos envelhecidas? Lindas...
Ainda quero ter uma impressora bem boa, para imprimir minhas próprias fotos.
bjooo