terça-feira, 14 de abril de 2009

Gente humilde

Às vezes, pego-me pensando assim. É a vida!

4 comentários:

teresinha disse...

Vejo o álbum fotografado em minha mente dos trabalhos que já realizei nas favelas aí na POA City. Vi muita pobreza. Vi muito lixo no meio das pessoas e animais desnutridos. Vi muita coisa boa no meio daquela gente como a gente. Bah! Dá pra escrever um livro. Deves lembrar que te contei, já tomei cafezinho servido em latinha de massa de tomate num "lar, doce lar" de uma família. E era doce. Pelo menos esse era doce. Tudo era limpinho, trocavam carinho entre si os membros da família, eram acolhedores. Só lhes faltava oportunidades. "Que vontade de chorar!" Beijo, filhooo!

Lúcia disse...

Oi, Sami! Tem selinho prá vc lá no blog! Bjo

Marcela Isabel Silveira CRN2: 6225P disse...

Olaá, Sami quanto tempo!
Como vai?
Mande sinal de fumaça!!
beijus

Cris Andersen disse...

Finalmente to bem Sami.
Tenho tanto o que te contar!!!!
Morro de saudades.

Quando vieres a Pelotas, parada indispensavel é a minha casa.

Muitos beijos